fbpx
+55(19)3493-9220 | (19)3493-5576 | (19)3493-4429 | WhatsApp: (19) 99798-2389 contato@petmed.com.br
Select Page

⠀⠀⠀Por Pauline Machado

⠀⠀⠀O período de férias de verão é sempre rodeado de descanso e passeios, incluindo, muitas vezes, temporadas em casas de praia, animais de estimação e, praticamente o tempo todo: o calor.
⠀⠀⠀No entanto, o que era para ser um momento de alegria e aventuras, pode se tornar um problema, caso o seu amigão não esteja protegido dos mosquitos que adoram as altas temperaturas para transmitir doenças como a Dirofilariose, também conhecida como Verme do Coração, que, além de pode levar cães e gatos à morte é uma grave zoonose, ou seja, pode ser transmitida para os seres humanos.
⠀⠀⠀Para entendermos mais sobre a doença e, sobretudo, como prevenir e tratá-la, conversamos com exclusividade com a Médica Veterinária, Ana Castro, portadora do CRMV/PR: 9139, especializada em cirurgia geral e CEO da rede de Hospitais Animal Clinic, em Curitiba no Paraná.
⠀⠀⠀Acompanhe!

Pet Med – O que podemos entender por Dirofilariose, também conhecido como o verme do coração?
⠀⠀⠀Ana Castro – Dirofilariose, ou verme do coração, é uma doença parasitária causada pelo parasita Dirofilaria immitis, transmitido principalmente por mosquitos. Afeta cães, gatos e outros mamíferos, alojando-se nos vasos sanguíneos e no coração.

⠀Pet Med – De que forma o cão e o gato podem pegar Dirofilariose?
⠀⠀⠀Ana Castro – Cães e gatos podem contrair Dirofilariose pela picada de mosquitos infectados. Os mosquitos transmitem as larvas do parasita durante a alimentação, e essas larvas se desenvolvem até atingir a fase adulta nos vasos sanguíneos do animal.

⠀Pet Med – Por que o Verão é a época mais propícia para a proliferação dessa doença?
⠀⠀⠀Ana Castro – No verão, a temperatura mais elevada favorece a reprodução dos mosquitos, aumentando a probabilidade de transmissão da doença. O clima quente e úmido proporciona condições ideais para o desenvolvimento das larvas nos mosquitos.

⠀Pet Med – Quais são os sinais clínicos que os tutores podem perceber como indícios de que o seu animal pode ter sido infectado com o verme do coração?
⠀⠀⠀Ana Castro – Os sinais clínicos incluem tosse persistente, dificuldade respiratória, fadiga, perda de peso, letargia e, em estágios avançados, insuficiência cardíaca.

Pet Med – Qual é a forma de diagnóstico da Dirofilariose?
⠀⠀⠀Ana Castro – O diagnóstico envolve exames sanguíneos que detectam a presença de larvas ou anticorpos contra o parasita. Testes de imagem, como radiografias e ultrassonografias, também podem ser usados para avaliar o estado cardíaco.

⠀Pet Med – Uma vez comprovada, quais são os possíveis tratamentos para a Dirofilariose?
⠀⠀⠀Ana Castro – Tratamentos podem incluir medicamentos para eliminar os vermes, como antiparasitários. Em casos avançados, pode ser necessário cirurgia para remover os vermes adultos e tratar complicações cardíacas.
⠀⠀⠀O tratamento da Dirofilariose em cães geralmente envolve o uso de medicamentos específicos para eliminar os vermes adultos e/ou larvas microfilárias. A escolha do tratamento pode depender do estágio da infecção e da gravidade dos sintomas apresentados pelo animal.
⠀⠀⠀Alguns medicamentos comumente utilizados incluem:
⠀⠀⠀Melarsomina: Este é um medicamento adulticida, ou seja, mata os vermes adultos. É administrado por injeção profunda nos músculos para evitar reações adversas.
⠀⠀⠀Ivermectina: Utilizado para tratar a forma microfilaricida, eliminando as larvas circulantes no sangue. No entanto, seu uso deve ser cuidadoso, pois pode causar reações graves em cães já infectados.
⠀⠀⠀Doxiciclina: Antibiótico frequentemente prescrito para combater as bactérias Wolbachia, que vivem simbioticamente com os vermes do coração. A eliminação dessas bactérias pode tornar o tratamento mais eficaz.
⠀⠀⠀Além disso, em casos mais graves, pode ser necessário um tratamento de suporte para controlar os sintomas associados à infecção, como insuficiência cardíaca.
⠀⠀⠀É importante notar que o tratamento da Dirofilariose deve ser supervisionado por um Médico Veterinário, pois a administração inadequada de medicamentos pode levar a reações adversas sérias, assim como o repouso e a restrição de atividades físicas durante o tratamento são frequentemente recomendados.

Pet Med – Quais são os riscos para a saúde de um animal infectado com o Verme do coração?
⠀⠀⠀Ana Castro – Riscos para a saúde incluem danos cardíacos, insuficiência cardíaca, problemas respiratórios e, em casos graves, a morte do animal.

⠀Pet Med – E, quanto ao prognóstico?
⠀⠀⠀Ana Castro – O prognóstico varia de acordo com o estágio da infecção. Quanto mais cedo for detectada, melhores são as chances de recuperação, mas casos avançados podem ter prognóstico reservado.

Pet Med – Por fim, quais cuidados os familiares devem ter diante da confirmação do diagnóstico de Dirofilariose?
⠀⠀⠀Ana Castro – Após o diagnóstico, os familiares devem seguir as orientações do Médico Veterinário quanto ao tratamento. É essencial manter o animal em repouso e evitar esforços físicos durante o tratamento.

Open chat
1
Fale Conosco
Podemos te ajudar? Fale Conosco